É bem conhecido o facto de alguns escritores terem deixado a sua obra numa gaveta (se ela era escassa) ou num baú (se era volumosa), como foi o caso de Fernando Pessoa. Hoje em dia, um sítio na Internet é a solução ideal. Pela minha parte, embora não esteja previsto, para já, partir para junto dos anjinhos e dos diabinhos, senti que tinha de organizar a minha obra em Prosa e Poesia. Assim surgiu este Baú das Letras.

Vitorino de Sousa
vs220548@gmail.com



A atualização mais recente

Duas ‘Cantigas de Amigo’ (Séculos XIV e XXI)

 

No botão Percurso
Cenas da vida do artista, sem censura nem vergonha nenhuma.

No botão Currículo
Isso mesmo; do autor.

No botão Astrologia Arejada
A matéria de uma forma diferente. Ou seja aquariana.

No botão Caixa de Pandora
Um clube para senhoras e cavalheiros.

No botão Prosa
Alguma saborosa.

No botão Poesia
A Obra Poética Complética. 

No botão Fotos
Instantâneos da minha câmara fotográfica

No Facebook:

Poesia?… Por que não? (grupo)
Astrologia?… Por que não? (grupo)
De frente para a Música (grupo)
Página pessoal
Baú das letras

Simbioses

Muito obrigado pela visita.

Vitorino de Sousa
vs220548@gmail.com