Poesia

Associação Portuguesa de Gestos Astrolo-Poéticos
(Poesia escrita com base na simbologia astrológica)


 

MEMÓRIAS DE UM INCANSÁVEL VIAJANTE

EU SOU A DEUSA DA LIBERDADE


A MINHA POESIA DITA POR MIM


A POESIA DOS OUTROS DITA POR MIM


♥  ♥  ♥

 

DA MINHA MUSA MENINA

Spot publicitário da editora Chiado Books

Video de apresentação do livro pelo autor

Nota importante
Embora no livro esteja referido que “todos os textos publicados estão ilustrados em vídeo”, decidi, depois da publicação, e a fim de respeitar a edição, apresentar apenas alguns excertos do itens referidos no índice, como se listam abaixo:

 

— Capítulo 1 — 

Prefácio

Da Musa Menina  ( I )

Denúncia do Amor Farpado  (organizadas em seis Trípticos)
Tríptico 1 (Pacificação – Desamor – Medo) 
Tríptico 3 (Hormonas 1 – Hormonas 2 – Hormonas 3)
Tríptico 4 (Coragem – Desdém – Renúncia)

De outros mundos  (organizados em cinco Quintetos)
Quinteto nº 2
Quinteto nº 4

Reflexões mudas em quatro linhas  (organizadas em quatro Quartetos)
Quarteto Nº 1
Quarteto Nº 4

Reflexões mudas em duas linhas (dois conjuntos: ‘Sobre o medo’ e ‘Sobre o amor’)
Sobre o amor

Cenas do Amor Desalmado — Rimas Vadias
Coleção completa

Não sei a hora…
Os títulos dos doze poemas deste conjunto, são frases retiradas dos doze poemas do capítulo central (“Mar Português”) do livro “Mensagem”, Fernando Pessoa.
Poema 1 — Deus quer, o homem sonha, a obra nasce…
Poema 6 — Os outros haverão de ter o que houvermos de perder...
Poema 9 — Os Deuses da tormenta…
Poema 10 — Tudo vale a pena se a alma não é pequena…

Cinco Preces Budista, Cristã, Hindu, Muçulmana, Wicca
Coleção completa

Astrologíssimas Trindades (da primavera, do verão, do outono e do inverno)
O primeiro dos três discursos da primavera
O segundo dos três discursos do verão
O terceiro dos três discursos do outono
O primeiro três discursos do inverno

 

— Capítulo 2 —
Da Musa Menina (2)
A Musa Menina no formato ‘Simbiose’, que recebeu, em 1979, o Prémio ‘Revelação’ de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores.

 

— Capítulo 3 —
O Nome do Jogo é Totalidade
Notas explicativas para facilitar a compreensão da leitura dos textos
Excertos, em dois vídeos, com leituras pelo autor

 


 

Os dois livros listados abaixo estão disponíveis em formato PDF.
Envia um e-mail com o título pretendido.

 

EM NOME DA MÃE (2007)
Esta obra apresenta 72 diálogos poéticos entre o “Leigo que fala alto” e o Eu Superior dele. Há quem lhe chame Mestre Interno. Preferi chamar-se “Grande Sábio Que Fala Baixinho”. Trata-se dos desafios que o medo – esse filho dilecto do ego – nos tem vindo a colocar através da falta de tolerância, da raiva, do ódio, da agressão, da culpa, da morte, etc. Aqui tens uma amostra.
Disponível (por €5) em formato PDF, com pedido através de e-mail. 

 

OS 12 ESTADOS DO SER (1993)
Esta obra de poesia (publicada pela Editora Nova Fronteira, Rio de Janeiro, em 1993), contém 24 poemas: 12 sobre os signos e 12 sobre a transição entre os signos. Todos eles foram escritos no formato “simbiose”, o qual recebeu, em 1979, o Prémio ‘Revelação’ de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores. Por estar fora do mercado, preparei este ficheiro PDF, depois de ter feito algumas alterações às versões originais.  Excerto. Disponível (por €5) em formato PDF, com pedido através de e-mail. Aprende a escrever poesia no formato ‘simbiose’.
Visita a Astrologia Arejada.