Poesia

Obra Poética Complética

Formato Simbiose – Um formato inédito distinguido, em 1979, com o “Prémio Revelação de Poesia” da Associação Portuguesa de Escritores. O vasto acervo neste formato está disponível noutro site.

Formato Esoibmis – Poemas incómodos (e por vezes chocantes para os humanos) enviados, via email cósmico, pelo meu irmão arcturiano Yon’Rivot.

Cenas do Amor Desalmado – Coletânea de poemas inspirados no estrogénio impedido e na testosterona amontoada. Uma vergonha!

Reflexões mudas – Coisas que vão surgindo, em duas linhas.

Reflexões mudas – Coisas que vão surgindo, em quatro linhas.

Reflexões mudas – Coisas que vão surgindo, em várias linhas.

 


Os livros listados abaixo estão disponíveis no formato PDF
para
descarregamento
gratuito. Segue a ligação do título.

 

Em Nome da Mãe (2007)
Esta obra apresenta 72 diálogos poéticos entre o “Leigo que fala alto” e o Eu Superior dele. Há quem lhe chame Mestre Interno. Preferi chamar-se “Grande Sábio Que Fala Baixinho”. Tudo isto em nome da polaridade feminina da Fonte – que, nestes tempos que vamos vivendo, se apresenta relembrando a necessidade de carinho, amor, perdão, compaixão, receptividade, dedicação e todos os outros atributos que caracterizam a Matriz Humana. Portanto, trata-se aqui dos desafios que o medo – esse filho dilecto do ego – tem vindo a colocar a todos os seres humanos, através da falta de tolerância, da raiva, do ódio, da agressão, da culpa, da morte, etc.

 

Os Doze Estados do Ser (1992)
Esta obra (publicada pela Editora Nova Fronteira, Rio de Janeiro), contém 24 poemas: 12 sobre os signos e 12 sobre a transição entre os signos. Todos eles foram escritos no formato “simbiose”, o qual recebera, em 1979, o Prémio ‘Revelação’ de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores. Por estar fora do mercado, preparei este ficheiro PDF, depois de ter feito algumas alterações às versões originais. Se queres aprender a escrever no formato simbiose, visita a página inicial deste sítio.


O Nome do Jogo é Totalidade
(1989)
Neste trabalho, nunca publicado, o Ego faz uma viagem através dos 12 signos e das 12 Casas astrológicas. Portanto 144 passos. Será “Ego 1” enquanto estiver no 1º Degrau/Carneiro, passará a “Ego 2” quando passar pelo 2º De­grau/Touro… e acabará em “Ego 12” quando atingir o 12º Degrau/Peixes.