Música(s)

A inexprimível profundidade da música reproduz as mais fundas emoções, mas desligadas da realidade e das suas dores. A música exprime apenas a quintessência da vida e dos seus acontecimentos, e nunca os acontecimentos em si.
Arthur Schopenhauer


NOVO
Música e Poesia  /  Planetas e Astrologia

Ligação de acesso à página “Mar com Música”

Livros e sítios recomendados

—    DE FRENTE PARA A MÚSICA    —

Nesta coleção de sessões, realizadas na Academia Sénior de Tavira, abordo alguns estilos e correntes musicais, de vários géneros, aos quais gosto de chamar “históricos” porque a passagem do tempo não os atira para o esquecimento. Contudo, relembro o seguinte: só apreciamos devidamente um determinado trecho musical, seja qual for o género, depois de o conhecermos bem. Qual a música de telenovela que não se tornou famosa? Quer isto dizer que ouvir apenas uma vez pode ser insuficiente. Posto isto, eis o que está à sua disposição: 

In this collection of sessions, held at the Tavira Senior Academy, I cover some styles and currents of music, from various genres, which I like to call “historical” because the passage of time does not throw them into oblivion. However, I remember the following: we only properly appreciate a particular piece of music, whatever the genre, after we know it well. What is the soap opera song that did not become famous? This means that listening only once may be insufficient. That said, here is what is available to you:

Todas as obras apresentadas nas sessões listadas abaixo
estão disponíveis para descarregar e ouvir no telemóvel

All the works presented in the sessions listed below
are available to download and listen to on the mobile phone

 



Sessão 11
 — 23.01.20 —
MOZART, O PRODÍGIO (I)
Algumas obras de deste compositor
Menuetto Nº 1,  K.1 ⇒ Concerto para fagote e orquestra, K.191 / 3ª Andamento ⇒ Sonata para piano nº 11, K.331 / 1ª Andamento ⇒ Concerto para trompa e orquestra Nº 3, K.447 / 3ª Andamento ⇒ Sonata para piano Nº 16, K.545 / 1ª Andamento ⇒ Papageno e Papagena (da ópera ‘A Flauta Mágica’, K.620) ⇒ Informação complementar ⇒ The essentials of this session.

 

Sessão 10 — 16.01.20 — UPA, UPA PORTUGAL!
Nesta sessão abordamos alguns dos grandes compositores da música erudita portuguesa dos últimos séculos: Carlos Seixas ⇒ Alfredo Keil ⇒ Luís de Freitas Branco ⇒ Vianna da Motta ⇒ Informação complementar ⇒ The essentials of this session.

 

Sessão 9 — 9.01.20 — ARRIBA ESPAÑA!
O ‘salero musical’ do país vizinho com obras de compositores nascidos em Espanha além dos Pirenéus, mais concretamente em França e na Rússia: Enrique Granados ⇒ Manuel de Falla ⇒ Emmanuel Chabrier ⇒ Francisco Tárrega ⇒ Maurice Ravel ⇒ Joaquim Rodrígo ⇒ Rimsky-Korsavov ⇒ Informação complementar ⇒ The essentials of this session.

 

Sessão 8 — 5.12.19 — A CADENZA
O que é a Cadenza da forma ‘Concerto’ para um (ou mais) instrumento(s) solista(s) e orquestra? ⇒ Cadenzas de obras de Haydn, Mozart, Tchaikovsky e Grieg ⇒ O que é um Concerto Grosso? ⇒ Informação complementar.

 

Sessão 7 — 28.11.19 —  JOSÉ MARIO BRANCO
A sua obra ⇒ Informação complementar.

 

Sessão 6 — 21.11.19 — A GALINHA
Obras de Rameau, Haydn, Mussorgsky e Saint-Saens ⇒ Conclusão sorridente ⇒ Informação complementar.

 

Sessão 5 — 14.11.19 — O RIO E O MAR
Obras de Handel: Water Music  ⇒ Debussy: La Mer ⇒ Conclusão sorridente ⇒ Informação complementar.

 

Sessão 4 — 7.11.19 — O SAXOFONE
Exemplos em vários estilos musicais ⇒ Conclusão sorridente ⇒ Informação complementar.

 

Sessão 3 — 31.10.19 — O NAIPE DE CORDAS
O violino ⇒ A viola de arco ⇒ A viola da gamba ⇒ Conclusão sorridente ⇒ Informação complementar.

 

Sessão 2 — 24.10.19 — CLARA SCHUMANN
A Obra do Mês / Período Medieval ⇒ correspondência do nome das notas musicais em português com a forma usada nos países anglo-saxónicos ⇒ O tom maior e o tom menor ⇒ “Frère Jacques” (naturalmente em tom maior) passado para tom menor na 3º andamento da sinfonia nº 1 do compositor alemão Gustav Mahler (1860 / 1911 – Período Romântico) ⇒ A pianista e compositora Clara Schumann ⇒ Scherzo No. 2, Op. 14 ⇒ Concerto para piano e orquestra em Fá menor Op. 7 ⇒ Conclusão sorridente: Concerto para máquina de escrever e orquestra ⇒ Informação complementar.

 

Sessão 1 — 17.10,19 — FRÉDÉRIC CHOPIN
Músicas conhecidas de podemos não saber identificar ⇒ Obra do Mês / Período Medieval ⇒ Os Períodos da História da Música ⇒ Frédéric Chopin: 170 anos sobre a sua morte ⇒ Biografia breve do compositor ⇒ Documentário: através de uma prodigiosa animação da única fotografia que se conhece do compositor (tirada poucos meses antes de falecer), temos a ilusão de ver Chopin como narrador de algumas passagens da sua vida ⇒ Os géneros musicais da obra de Chopin ⇒ O Scherzo Op 31 Nº 2 ⇒ O Prelúdio Op. 28 Nº 4 ⇒ A Valsa Opus 64 Nº 2 ⇒ Outros compositores do Período Romântico ⇒ Informação complementar.

 



Entrada 10 —
Na estreia do bailado de “Prelúdio da tarde de um Fauno” de C. Debussy, em Paris em 1912, o célebre bailarino Nijinsky, simula, nos últimos segundos da peça, os movimentos pélvicos, como se estivesse a fazer amor com o lenço que a Ninfa deixou no chão. Foi um escândalo de todo o tamanho. No filme “Nijinsky”, a coreografia é apresentada na versão original com o ato sexual simulado Conclusão

Entrada 9 — Sem dúvida que a música pode ser usada de uma forma descritiva. Um bom exemplo são… as galinhas! … Conclusão

Entrada 8 — O “Buena Vista Social Club” foi um lugar de Havana onde se apresentavam vários grupos de música típica de Cuba. Depois da Revolução (1959), essas apresentações deixaram de acontecer, até que um entusiasta canadiano resgatou … Conclusão

Entrada 7 — No período barroco destacam-se os nomes de Bach, Händel, Vivaldi, Purcell, Corelli, Lully, Scarlatti, Couperin, Rameau, Telemann… e, em Portugal, Carlos Seixas. Nascido em Coimbra no dia 11 de junho de 1704 … Conclusão

Entrada 6 — Tuba Skinny é uma banda de jazz tradicional de Nova Orleães, Luisiana, EUA, formada em 2009. Tocando quer na rua, quer em palcos de todo o mundo, preferem o jazz e os “blues” tradicionais das décadas de 1920 e 1930. O nome da banda surgiu quando … Conclusão

Entrada 5 — Castor e Pólux (filhos da humana Leda e de Zeus armado em cisne) são duas personagens da mitologia grega, sempre referidas nos vídeos que ilustram os meus poemas em formato simbiose. Porquê? Porque estes manos estão associados a Gémeos, o meu signo astrológico de nascimento. Ambos saltaram para a Música através de ... Conclusão

Entrada 4 — Faz hoje 525 anos que Cristóvão Colombo descobriu a ilha da Jamaica; faz 288 anos que morreu Napoleão e faz 55 anos que o Conselho da Europa declarou o dia 5 de maio como o Dia da Europa. Só não sei há quantos anos é que este dia foi declarado o Dia Internacional da … Conclusão

Entrada 3 — A função básica das propostas apresentadas em “De frente para a Música” é tentar dar meia volta a quem tem estado de costas para a Música! Uma das formas de o conseguir é familiarizar o ouvinte com as “melodias imortais”, apresentando-as de uma forma incomum. Isto é, proporcionar ... Conclusão

Entrada 2 —Assinalando o 45º aniversário do “25 de Abril”, é da mais elementar justiça destacar um nome fundamental da música portuguesa. Não só por ter levantado a sua voz contra os “vampiros”, mas também porque, na minha opinião, era um génio. José Afonso (Aveiro … Conclusão

Entrada 1 Frequentemente, considerando a música “erudita”, perguntamos: ”Gostas de música clássica?” A música “clássica”, porém, diz respeito a um período específico da história da música, entre o período barroco e o período … Conclusão