Música(s)

A inexprimível profundidade da música reproduz as mais fundas emoções, mas desligadas da realidade e das suas dores. A música exprime apenas a quintessência da vida e dos seus acontecimentos, e nunca os acontecimentos em si.
Arthur Schopenhauer

 DE FRENTE PARA A MÚSICA
Nesta coleção de sessões abordo alguns estilos e correntes musicais, de vários géneros, aos quais gosto de chamar “históricos” porque a passagem do tempo não os atira para o esquecimento. Contudo, relembro o seguinte: só apreciamos devidamente um determinado trecho musical, seja qual for o género, depois de o conhecermos bem. Qual a música de telenovela que não se tornou famosa? Quer isto dizer que ouvir apenas uma vez pode ser insuficiente. Posto isto, eis o que está à sua disposição: 

Algumas obras apresentadas nas sessões listadas abaixo
estão disponíveis para descarregar e ouvir no telemóvel

 


MODEST MUSSORGSKY
Quadros de uma exposição

BEETHOVEN – NASCIDO HÁ 250 ANOS
Duas peças fundamentais do compositor.

PASSEIO POR ITÁLIA
Amilcare Ponchielli (A Dança das Horas)
Ottorino Respighi (Os Pinheiros de Roma)

A VALSA DEPOIS DE JOHANN STRAUSS
Chico Buarque ⇒ Shostakovitch ⇒ Jacques Brel
Kachaturian ⇒ Carlos Paredes ⇒ Tchaikovsky…

ANTÓNIO VIVALDI
O padre que deixou de o ser e as suas meninas do hospício de la Pietá.

PARA CRIANÇAS E ADULTOS
A história “Pedro e o Lobo” do compositor russo Sergei Prokofiev.

VOZES (MASCULINAS) AO PALCO!
Exemplos de vozes masculinas da música erudita e ligeira:
Luciano Pavarotti, Ney Matogrosso, Jonas Kaufmann, Bobby McFerrin,
John Rawnsley, Matti Salminen, Philippe Jaroussky e Mel Blanc 

VOZES (FEMININAS) AO PALCO!
Exemplos de vozes sopranos e contraltos, da música erudita e ligeira:
Marilyn Mulvey, Kate Bush, Marita Soldberg, Aretha Franklin,
Nathalie Stutzmann, Nina Simone, Sara Mingardo 

MOZART, O PRODÍGIO ( II )
Excertos de:
Concerto para violino Nº 5 K.219 ⇒ Concerto para flauta e harpa K.299
Sonata para piano nº 11, K.331 ⇒ Concerto para piano nº 23 K.488
A Rainha da Noite” (da ópera ‘A Flauta Mágica’, K.620) ⇒ “Lacrimosa” (do Réquiem K.626) 

MOZART, O PRODÍGIO ( I )
Excertos de: Menuetto Nº 1,  K.1 ⇒
Concerto para fagote e orquestra, K.191
Sonata para piano nº 11, K.331  ⇒ Concerto para trompa e orquestra Nº 3, K.447
Sonata para piano Nº 16, K.545  ⇒ Papageno e Papagena (da ópera ‘A Flauta Mágica’, K.620) 

UPA, UPA PORTUGAL!
Alguns dos grandes compositores da música erudita portuguesa dos últimos séculos:
Carlos Seixas ⇒ Alfredo Keil ⇒ Luís de Freitas Branco ⇒ Vianna da Motta 

ARRIBA ESPAÑA!
O ‘salero musical’ do país vizinho com obras de vários compositores:
Enrique Granados ⇒ Manuel de Falla ⇒ Emmanuel Chabrier ⇒ Francisco Tárrega
Maurice Ravel ⇒ Joaquim Rodrígo ⇒ Rimsky-Korsavov 

A CADENZA
O que é a Cadenza da forma ‘Concerto’?
Cadenzas de obras de Haydn, Mozart, Tchaikovsky e Grieg ⇒ O que é um Concerto Grosso? .

JOSÉ MARIO BRANCO
A sua obra 

A GALINHA
Obras de Rameau, Haydn, Mussorgsky e Saint-Saens ⇒ Conclusão sorridente 

O RIO E O MAR
Obras de Handel: Water Music  ⇒ Debussy: La Mer ⇒ Conclusão sorridente 

O SAXOFONE
Exemplos em vários estilos musicais ⇒ Conclusão sorridente 

O NAIPE DE CORDAS
O violino ⇒ A viola de arco ⇒ A viola da gamba ⇒ Conclusão sorridente 

CLARA SCHUMANN
Scherzo No. 2, Op. 14 ⇒ Concerto para piano e orquestra em Fá menor Op. 7
Conclusão sorridente: Concerto para máquina de escrever e orquestra

FRÉDÉRIC CHOPIN
Sessão sobre os 170 anos sobre a sua morte ⇒ Biografia breve do compositor
O Scherzo Op 31 Nº 2 ⇒ O Prelúdio Op. 28 Nº 4 ⇒ A Valsa Opus 64 Nº 2